Feserp apresenta contraproposta e Sinterpa discute particularidades das carreiras

 

As entidades sindicais filiadas a Federação Sindical dos Servidores Públicos Estaduais (Feserp), dentre elas o Sinterpa, se reuniram esta semana e recusaram a proposta do governo do Estado de abono salarial de R$ 200,00 por mês. Como os servidores estão sem reajuste há dois anos, sindicatos e federação chegaram a uma contraproposta que já foi protocolada na Secretaria de Governo e Gestão Estratégica:

 

1) reajuste salarial de 13,65% de acordo com o INPC dos últimos 12 meses;

2) gratificação no valor de R$ 500,00 para todos os servidores;

3) reiterar as propostas já apresentadas ao governo no ano de 2015 quanto as demandas de interesse das carreiras dos servidores representadas pelas entidades sindicais filiadas a federação.

 

Negociações Sinterpa

Além das discussões do reajuste linear, nesta semana, o presidente o Sinterpa, Edimilson Volpe, também participou de reuniões quanto as reivindicações específicas dos seus filiados. Uma das reuniões foi com o secretário Fernando Lamas e o superintendente Edwin Baur para discutir a proposta salarial dos servidores da Sepaf (Secretaria de Estado de Produção e Agricultura Familiar). Este assunto também foi pauta do encontro com a coordenadora da SAD, Terezinha Arantes Bernardes, além disso foi discutido as mudanças imprescindíveis no PCC da carreira da Agraer (Lei 4.188/2012).

 

Reunião Conselho Diretor

Esses assuntos do reajuste salarial e mudanças no PCC serão discutidos em reunião do Conselho Diretor do Sinterpa, composto por diretores e delegados, que será nesta sexta-feira, dia 8, às 9 horas. Nova assembleia geral específica para os associados do Sinterpa será convocada para o dia 15 de abril, numa sexta feira, onde toda a questão salarial e outros assuntos de importância das carreira representadas pelo Sinterpa serão discutidas.

 

Por: Assessoria de Comunicação

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W

Posts Sinterpa