Posts Sinterpa

1º Agroecoindígena será realizado em Miranda no mês junho

Nos dias 3 e 4 de junho, Mato Grosso do Sul realiza o 1º Agroecoindígena no município de Miranda. O evento busca o fortalecimento da agroecologia em terras indígenas na Bacia do Rio Paraguai, no Pantanal.


A expectativa é de que pelo menos 1.000 pessoas participem do evento, entre indígenas, pesquisadores, técnicos, extensionistas, estudantes e professores. A iniciativa inédita no Mato Grosso do Sul, é fruto da mobilização de um grupo de Terenas da aldeia de Cachoeirinha, em Miranda, através da experiência do Projeto GATI (Gestão Ambiental e Territorial Indígena).


A intenção é constituir um espaço específico para se refletir sobre agroecologia indígena, dar publicidade às ações desempenhadas pelos povos indígenas na preservação do Bioma Pantanal, promover trocas de saberes e fortalecer as ações/práticas sustentáveis nas terras indígenas.


Segundo o pesquisador da Agraer, agrônomo e doutor em desenvolvimento rural, Tércio Jacques Fehlauer, esse grupo se tornou uma referência nacional do projeto, sobretudo pelo protagonismo e resguardo à autonomia dos seus processos, envolvendo pessoas dos vários segmentos sociais das aldeias – de jovens, mulheres a anciões. “É um projeto que os indígenas tomaram para si, definindo o que eles estão chamando de 'agroecologia indígena', como forte ênfase na dimensão cultural da sustentabilidade”, comentou.


Neste evento, haverá visitas e conversas nos locais de plantio e de desenvolvimento na comunidade, além de oficinas focadas para técnicas e práticas de interesse. Também serão formados Grupos de Trabalho e discussão sobre temáticas relacionadas a educação e a agroecologia. A troca de experiências acontecerá através de relatos feitos por representantes de cada comunidade presente.


Durante o 1º Agroecoindígena ainda vai acontecer:

• 1º Encontro de agricultores e Agricultoras Indígenas;

• 1ª Feira de Etnovariedades;

• 1º Encontro dos Xamãs Indígenas;

• 1º Seminário de Sistemas Agroflorestais Indígenas;

• 1º Encontro de Concepção do Curso superior de Agroecologia Indígena.


O evento está sendo organizado pelo Coletivo Caianas, Agraer, Embrapa, UEMS, Projeto Gati, Instituto Terena de Educação Intercultural e Prefeitura de Miranda. Clique aqui e veja a programação.


Serviço:

1º Agroecoindígena 2016 - “Fortalecendo a Agroecologia em Terras Indígenas do Pantanal Sul Matogrossense”

Data: 03 e 04 de junho de 2016

Local: Parque de Exposições 16 de Julho, Miranda/MS


Por: Assessoria de Comunicação


Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes