Sinterpa realiza série de obras para adequação da sede

 

 

Desde o mês de abril deste ano, o Sinterpa vem executando uma série de obras em sua sede própria com o objetivo de fazer as adequações necessárias para o desenvolvimento de suas atividades em obediência à legislação vigente e ainda preservar e valorizar seu patrimônio. Tudo em respeito aos seus associados e com o maior zelo com seus recursos financeiros, sendo que todas as propostas e etapas foram aprovadas pelos filiados em assembleia geral.

 

“O sindicato quer desempenhar suas atividades em estrita observância à legislação vigente, por isso, estamos realizando todas as adequações necessárias”, comentou o diretor de administração do Sinterpa, Tarcizo Francisco da Costa.

 

Segurança contra incêndio e pânico

Uma das adequações é quanto ao Projeto de Segurança Contra Incêndio e Pânico (PSCIP) – que está em fase final de implantação. Esse projeto foi elaborado por uma empresa especializada no ramo, com base na Lei Nº 4.335 de 10 de abril de 2013 que instituiu o Código de Segurança Contra Incêndio e Pânico e outros riscos no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul e respeitados os requisitos da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT.

 

O PSCIP foi protocolado em 06/11/2014 sob o número 31/505.469/2014 e devidamente aprovado em 26/05/2015 pela Diretoria de Atividades Técnicas do Comando Geral do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul.

 

Foram observadas e implantadas as seguintes medidas de segurança contra incêndio e pânico:

 

  1.  1) Acesso de viaturas do Corpo de Bombeiros;

  2.  2) Segurança estrutural nas edificações;

  3.  3) Compartimentação horizontal;

  4.  4) Controle de materiais de acabamento;

  5.  5) Saídas de emergência com implantação de portas anti-pânico;

  6.  6) Iluminação de emergência;

  7.  7) Detecção de incêndio;

  8.  8) Alarme de incêndio;

  9.  9) Sinalização de emergência;

  10. 10) Readequação de extintores (18) de PQS, Água, CO2 e ABC;

  11. 11) Hidrantes (03), recalque e mangueiras com bico;

  12. 12) Plano de intervenção de incêndio;

  13. 13) Brigada de incêndio (curso já realizado).

 

Segundo o diretor de administração do Sinterpa, Tarcizo Francisco da Costa, o objetivo geral deste projeto é a preservação da vida humana, da incolumidade do meio ambiente e do patrimônio em caso de incêndio, de pânico e de outros riscos.

 

Tarcizo explica que após a conclusão dessas obras será feito o comunicado ao Corpo de Bombeiros Militar, que vai proceder as vistorias e emitir os respectivos laudos necessários a emissão da licença final.

 

Reparos

Outras obras estão sendo realizadas para reparo de imperfeições e melhoria da sede social do Sinterpa, como:

 

  1. Substituição da fiação interna do auditório, salões, hotel e escritórios dentro de padrões técnicos, para atender à necessidade dos equipamentos implantados no PSCIP e novos equipamentos, como freezer, geladeiras, aparelhos de som, computadores, que a cada dia se tornam necessários;

  2. Reforma de todo o sistema de esgotos e fossas (06) do hotel e escritório, em atendimento a reclamação de hóspedes, pela presença de insetos e ainda a identificação de fossas cheias, tubulações furadas e entupidas e caixas de esgoto desmoronadas e não visíveis (estavam a uma profundidade de aproximadamente 40 cm do piso do estacionamento, garagem e gramado). Em alguns locais, faltavam as caixas e tinham sido utilizadas tubulações com cotovelo 90 graus, além de algumas estarem conjuntas com a caixa de gordura da cozinha do hotel, o que causava mau cheiro frequente. Foram todas reformadas e devidamente reparadas, de modo a ficarem visíveis e facilitarem futuras limpezas;

  3. Instalação de refletor e câmera de filmagem próximo à rua para tentar inibir a presença frequente de usuários de drogas e atender, de forma pacífica, reclamações de vizinhos;

  4. Construção, em parceria com o condomínio vizinho, de muro e canaletas coletoras de águas fluviais, num comprimento de 40 metros;

  5. Reforma e nivelamento do campo de futebol. Já foi realizado o levantamento planialtimétrico e será aplicado herbicida para controle de invasoras, o nivelamento com terras e uso de fertilizantes adequados;

  6. Reforma e pintura do prédio onde funcionava a Escola de Futebol, para apoio aos atletas que utilizarão o campo. Esse prédio já conta com sala e vestiários adequados. Será construído uma churrasqueira para pequenas confraternizações dos atletas;

  7. Construção de mais estacionamentos próximo aos salões, uma reivindicação antiga dos associados – obra ainda não iniciada, mas já prevista;

  8. Ampliação da cozinha dos salões. Obra simples, mas necessária a uma maior comodidade dos cozinheiros. Será aberta uma porta para o depósito ao lado para a guarda dos utensílios de cozinha e a colocação de mais janelas de modo a permitir uma melhor ventilação;

  9. Instalação de sistema de para-raios para proteção contra descargas elétricas, de todas as edificações – Sistema de Proteção de Descarga Atmosférica (SPDA), conforme normas da ABNT;

  10. Readequação do sistema de monitoramento e controle interno. Instalação de câmera de alta resolução na portaria e novas câmeras no espaço interno.

  

Por: Assessoria de Comunicação

 

 

 

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W

Posts Sinterpa