Posts Sinterpa

Trabalhadores protestam em Campo Grande no Dia Nacional de Mobilização


Neste 31 de março, trabalhadores de vários segmentos protestaram no Dia Nacional de Mobilização contra a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista, a Terceirização e por nenhum direito a menos. As ações foram organizadas pelo Comitê Estadual contra a Reforma da Previdência.


A primeira mobilização começou às 6 horas em frente ao canteiro de obra da empresa MGR, perto do Shopping Campo Grande. Os trabalhadores aderiram em massa ao movimento.


Depois, às 9h, os bancários realizaram um ato em frente à agência do Bradesco localizada na Rua Cândido Mariano com a 13 de Maio. Os manifestantes também saíram em passeata pelo centro da cidade até o banco Itaú. Os bancos estão entre os maiores devedores da Previdência Social, entre eles, Bradesco, Caixa, Banco do Brasil e Santander.


Os trabalhadores também bloquearam vários trechos das rodovias federais de Mato Grosso do Sul. Os manifestantes estavam com cartazes e faixas contra os ataques aos trabalhadores brasileiros. O protesto foi pacífico e, a cada meia hora, o trânsito era liberado.


Nos discursos, os sindicalistas reafirmaram que a reforma previdenciária é uma afronta aos direitos dos trabalhos e que, na verdade, representa o fim da previdência social do país. Os dirigentes sindicais também eram enfáticos no retrocesso que representa o projeto de lei da terceirização, aprovado pela Câmara Federal.


A manifestação também serve para organizar a classe trabalhadora para a greve geral, que ocorrerá no dia 28 de abril.


Por: Assessoria de Comunicação do Sinterpa

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes