Posts Sinterpa

Agricultores familiares de MS poderão contar com R$ 220 milhões em créditos do Pronaf


Os agricultores familiares sul-mato-grossenses que desejam melhorar suas propriedades ou adquirir bens em prol da melhoria de produção já podem acessar as linhas de crédito do Pronaf – Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar, referente ao Plano Safra da Agricultura 2017/18. Um montante de R$ 220 milhões está disponível para a pequena classe produtiva do Estado.


O valor foi anunciado, nessa terça-feira (11), pela Superintendência do Banco do Brasil do Mato Grosso do Sul. Somados os valores do Plano Safra 2017/18 direcionados aos grandes, médios e pequenos produtores do Estado, foi disponibilizado um total de R$ 6,4 bilhões, sendo R$ 780 milhões para o produtor de médio porte, R$ 5,4 bilhões ao produtor de grande porte e R$ 220 para a agricultura familiar.


Conforme informações divulgadas, as taxas de financiamento dentro do Pronaf serão mantidas de 2,5% a 5,5% ao ano. Outro destaque está para mudanças no Pronaf Mais Alimentos e o Pronaf Custeio. “É importante dizer que o Pronaf Mais Alimentos e o Pronaf Custeio terão novidades em relação a prazo, passaram a contar com dez anos de pagamento e três anos de carência, o que permite uma plena adaptação e retorno ao investidor, produtor”, informou o superintendente do Banco do Brasil do MS, Gláucio Fernandes. No caso do Pronaf Custeio, outra novidade anunciada está na questão de aquisição de gado.


Outras medidas vêm sendo tomadas para acelerar a aprovação dos projetos no Pronaf e, consequentemente, a liberação de dinheiro na conta do produtor para custeios e investimentos. A Agraer vem estudando uma proposta junto ao Banco do Brasil para se tornar um correspondente bancário quanto às aprovações dos produtores familiares dentro do Pronaf.


Operações do Pronaf superam R$ 22 bilhões na Safra 2016-17


O valor das operações do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) atingiu R$ 22,7 bilhões na Safra 2016-2017, o que representa um crescimento de 3,4% em comparação com a safra anterior.


“O Pronaf é uma política fundamental para o agricultor familiar se desenvolver no campo. Sem crédito para investir, muitos deles não chegam a plantar e os reflexos são sentidos em toda a cadeia da economia brasileira, já que a agricultura familiar é um dos segmentos que mais têm ajudado a controlar a inflação. O balanço positivo da safra que terminou agora mostra que o programa tem aumentado a capacidade produtiva, a geração de renda, bem como a qualidade de vida dessas pessoas”, avalia o secretário José Ricardo Roseno, da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead).


Fonte: Assessorias de Comunicação da Agraer e da Sead

Foto: Albino Oliveira/Ascom Sead


Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes