Posts Sinterpa

Agraer contribui com liberação de recursos para assentamento de Jaraguari


A Agraer promoveu, na última sexta-feira (15), o ato de assinatura de contrato de crédito dos programas Fomento e Fomento Mulher para os moradores do assentamento Estrela Jaraguari, município de Jaraguari.


O assentamento faz parte do Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA). Nesta etapa, estão sendo beneficiadas cerca de 40 famílias com a liberação de recursos para execução de projetos produtivos. Ação que possibilitará o acesso de quase R$ 10 mil.


O Fomento permite o acesso a R$ 6,4 mil sendo dividido em duas operações de R$ 3,2 mil. Já a liberação do Fomento Mulher é no valor de R$ 3 mil. “A gente conversou com as famílias, tiramos as dúvidas e explicamos o que deve ser feito para que elas não percam o prazo para o saque. Algumas famílias que não assinaram hoje são por estar com pendência em algum documento ou por que já entrarão na segunda leva de atendimento”, informou a assistente social e técnica da Agraer, Rosimeire Taniguchi.


O trabalho realizado pela Agraer está ocorrendo devido ao convênio do governo do Estado com o Incra – Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. “Estamos fazendo o atendimento dos agricultores familiares e acompanhando caso a caso para que o recurso chegue até as famílias. Entretanto, a gente explica que para quem não assinou o contrato é preciso verificar, pois a parte da documentação demanda dos produtores e a liberação do crédito parte da União”, justificou.


Todo o recurso deve ser investido em projetos de natureza agrícola – avicultura, suinocultura, horticultura e outras e não agrícola – produção de bolos e pães, salão de beleza, artesanato e outros.


Após a assinatura, os projetos são enviados para o Incra, onde seguirão para aprovação e liberação dos recursos. No caso do Fomento Mulher, cada agricultora vai receber um fomento no valor de R$ 3.200, que serão aplicados no projeto de interesse de cada uma.


Para a produtora Marleide Oliveira, a chegada do dinheiro fará a diferença na hora de aumentar as finanças. “Se desse para sacar hoje eu já faria”, brinca ela que complementa, “Estou planejando arrumar o galinheiro e o chiqueiro porque a terra do sítio é arenosa”, disse.


Para o agricultor Fermo e a esposa Noemia Sarmento, o montante vai dar para investir na aquisição de animais. “A gente mexe com ovelha, creio que vai dar para comprar umas duas matrizes e arrumar mais alguma outra coisa”, afirmou ele.


Também participaram da ação o coordenador municipal da Agraer de Campo Grande, André Guidolin, e a servidora Cleonice Fátima Jacomelli.


Fonte: Assessoria de Comunicação da Agraer


Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes