Feira agroecológica é destaque de evento internacional em MS

06.11.2018

 

 

No próximo domingo (11), acontece a abertura do Agroecol 2018 com o lançamento da Feira Agroecológica e de Sementes Crioulas, a partir das 15h, em Campo Grande. O evento será realizado na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul e é aberto ao público. Toda a população está convidada para conhecer os produtos de várias regiões de Mato Grosso de Sul. O Sinterpa está entre as instituições que compõem a organização do evento.

 

A Feira Agroecológica terá produtos agroecológicos e da agricultura familiar, artesanato, agroindústria e troca de sementes. “São 50 expositores de várias regiões, como Ponta Porã, Campo Grande, Pantanal e região sul do Estado. É uma feira biodiversa, com produtos nativos. Os agricultores vão apresentar uma série de alimentos para comercialização, como bolo, geleia, doces, compostas. São produtos saudáveis e produzidos na lógica da economia solidária”, explica a engenheira agrônoma e gestora de desenvolvimento rural da Agraer, Francimar Perez Matheus da Silva.

 

Para animar o público, tanto na abertura quanto nos outros dias de feira, terão atrações culturais como Teatro Imaginário Maracangalha, Ana Cabral e Marina Peralta.

 

Agroecol 2018

O Agroecol 2018 acontece de 11 a 14 de novembro, com o tema central “Sistemas agroalimentares, sociobiodiversidade, saúde e educação: desafios e perspectivas”. Serão realizadas palestras ministradas por profissionais do Brasil e exterior, apresentação de trabalhos técnico-científicos, discussões em grupos, minicursos e oficinas. Todas as atividades acontecem na UFMS, em Campo Grande.

 

Entre os participantes do evento estão os servidores da Agraer, que serão coordenadores de grupos temáticos: Francimar Perez Matheus da Silva, que é engenheira agrônoma e gestora de desenvolvimento rural; Jovelina Maria de Oliveira, que é zootecnista e gestora de desenvolvimento rural; e Tércio Jacques Fehlauer, que é engenheiro agrônomo e pesquisador.

 

A engenheira agrônoma e gestora de desenvolvimento rural da Agraer, Francimar Perez Matheus da Silva, explica que o evento terá a participação de palestrantes da Argentina, Bolívia, Chile e outros países da América do Sul. Ainda de acordo com a servidora, um dos objetivos do seminário é chamar a atenção da população e do poder público para a importância da agroecologia na agenda nacional.

 

“A gente vê um sistema de produção que gera muita riqueza, que exporta muitos alimentos, como o agronegócio, por exemplo. Só que no conceito da agroecologia, sabemos que não é sustentável, e que não é isso que alimenta a população mesmo. Consumimos poucos produtos à base de soja. A soberania alimentar do nosso país fica vulnerável com esse favorecimento do agronegócio e, às vezes, a agricultura familiar e a agroecologia são subvalorizadas. Então, estamos fazendo uma discussão aprofundada disso”, esclarece a gestora em desenvolvimento rural.

 

Outro ponto de debate é a saúde em todas as suas perspectivas. Sem o uso de produtos químicos, a agroecologia estimula o consumo de alimentos saudáveis, mas também protege o agricultor do contato diário com agrotóxicos e preserva o meio ambiente ao reduzir a poluição e degradação do solo e de outros recursos naturais como água, flora e fauna.

 

Francimar Perez acrescenta ainda a preocupação com a educação no campo. “Um dos motivos do êxodo rural é que as pessoas vêm para a cidade para buscar educação para os filhos, por isso, é essencial a educação chegar no campo e não as famílias do campo terem que vir para a cidade para buscar educação. E não é levar para o campo uma educação tradicional, mas uma educação baseada na valorização do modo de viver do camponês. Temos projetos que visam formar pessoas que já moram no campo, no assentamento, para serem professores. Pessoas que já conhecem essa realidade, serão professores melhores para esse público”, avalia.

 

Durante a feira, serão realizados simultaneamente os seguintes eventos:

2º Seminário de Agroecologia da América do Sul

1ª Jornada Internacional de Educação do Campo

6º Seminário de Agroecologia de Mato Grosso do Sul

5º Encontro de Produtores Agroecológicos de Mato Grosso do Sul

2º Seminário de Sistemas Agroflorestais em Bases Agroecológicas de Mato Grosso do Sul

 

Inscrições

O evento é voltado para agricultores, técnicos da extensão rural, pesquisadores, professores, gestores, estudantes, consumidores de produtos agroecológicos/orgânicos e outros interessados pelo tema, oriundos de diferentes segmentos da sociedade.As inscrições antecipadas poderão ser feitas até o dia 9 de novembro de 2018, às 12h (horário de Brasília) no endereço www.cpao.embrapa.br/agroecol2018/inscricao.php.

 

A programação completa está disponível no site do evento: www.cpao.embrapa.br/agroecol2018/programacao.php.

 

Por: Assessoria de Comunicação Sinterpa

Crédito da Foto/Arte: Agroecol 2018

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W

Posts Sinterpa