Posts Sinterpa

Agricultores Familiares recebem orientação sobre oportunidades de mercado


Agricultores, representantes de organizações sociais que representam o setor e integrantes do sistema de produção familiar estiveram reunidos, na última sexta-feira (30), no distrito de Anhanduí para o encontro “Oportunidades de Mercado para a Agricultura Familiar Municipal”.


“Eventos como esse são de suma importância para fomentar a agricultura familiar do distrito. Há um ano, nós, da Agraer, estamos oferecendo aos agricultores familiares de Anhanduí um melhor acesso aos serviços da instituição através de um escritório local. Até então, esses produtores tinham que ir até a unidade da agência de Campo Grande para serem atendidos”, afirmou o diretor-presidente da Agraer, André Nogueira.


O encontro da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia teve como objetivo aproximar os agricultores familiares da região com as políticas públicas e debater oportunidades de mercado que podem potencializar a capacidade de comercialização, de modo a promover a produção da agricultura familiar com garantia de renda para a mesma.


Além de produtores do distrito Anhanduí, também houve a participação de agricultores familiares de Nova Alvorada e Sidrolândia, municípios que fazem divisa com Campo Grande.


No distrito de Anhandui, fora do núcleo urbano, além de pequenos produtores e agricultores familiares tradicionais, está instalado o assentamento Três Corações. Nas proximidades, nos municípios de Sidrolândia e Nova Alvorada do Sul, estão assentadas mais de duas mil famílias distribuídas em vários assentamentos, sendo os mais próximos Nazaré e Alambari (Sidrolândia), e Sucesso (Nova Alvorada do Sul).


Todas essas comunidades são afetadas por questões comuns que dificultam a agricultura familiar na viabilização de suas atividades econômicas de produzir e comercializar alimentos. Assistência técnica, organização social e canais de comercialização adequados são desafios a serem enfrentados no sentido de encontrar as soluções necessárias e adequadas a cada realidade trabalhada.


A produtora no assentamento Alambari, Elizangela Pereira, comemorou a realização do encontro que direciona as ações dos produtores quanto às necessidades reais do mercado consumidor. “Com esse conhecimento os produtores terão oportunidade de fortalecer a renda familiar, entendendo melhor a questão do escoamento da produção”, afirmou.


O secretário da Sedesc, Abrahão Malulei Neto, definiu a região de Anhanduí como prioridade nas ações para os próximos meses nessa área da agricultura familiar. “Em na Anhanduí há um grande polo produtor e estamos buscando contribuir para a realização de um projeto que ajude para maior eficiência do setor”, disse.


Fonte: Agraer com informações da Sedesc

Foto: Divulgação/PMCG


Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes