Projeto prevê implantação de 200 hortas urbanas até 2020 na capital

10.09.2019

O diretor-presidente da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), André Nogueira Borges, e o secretário de Desenvolvimento Econômico e da Ciência e Tecnologia (Sedesc), Hebert Assunção, se reuniram para debater o projeto de implantação de hortas urbanas em Campo Grande. O encontro aconteceu na Agraer, no dia 2 de setembro.

 

Hoje, a Sedesc e a Agraer já atendem 80 hortas. A previsão é de que até dezembro sejam implantadas mais 40 novas hortas e, no ano seguinte, mais 80 para que atinja a meta de 200 hortas comunitárias. Para isso, o foco é direcionar todos os programas de fomento e assistência técnica das instituições para esse novo projeto.

 

As responsabilidades da Agraer nesse projeto será organizar e coordenar essas pessoas que irão receber os benefícios. Após essa organização, o objetivo é capacitar esses produtores que irão trabalhar com horta e fornecer o fomento inicial como o adubo, matéria orgânica e material para construção e manutenção, mudas e sementes de hortaliças e o acompanhamento técnico periódico.

 

“Os objetivos desse projeto são as melhorias do consumo e da alimentação dessas famílias que estarão trabalhando e a melhoria de renda, uma vez que poderão realizar a venda institucional, quanto à venda extra em feiras”, explicou André.

 

Tanto a Agraer, quanto a Sedesc irão analisar os bairros e as famílias que irão ficar responsáveis pelas hortas. A ideia é que sejam instaladas hortas em áreas carentes da cidade para que a horta comunitária possa ajudar as pessoas dessas regiões.

 

Texto: Lívia Miranda/Assessoria Agraer

Foto: Th G por Pixabay

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W

Posts Sinterpa