Programa beneficia Agricultura Familiar e assegura comida para famílias carentes

20.08.2020

A adesão de Mato Grosso do Sul ao Programa de Aquisição Alimentar (PAA), na modalidade de compra com doação simultânea, vai beneficiar 395 agricultores familiares e 78 entidades de assistência social. Na prática, o Governo do Estado, ao adotar a modelo, fomenta o comércio de pequenos agricultores - com injeção de capital de R$ 2.565 milhões - e subsidia as instituições que atuam na Assistência Social e atende famílias em situação de vulnerabilidade.

 

Nesta etapa, 12 municípios do Estado foram credenciados para participar. O critério, neste caso, foi o cenário da produção local, unido às entidades sociais. Paranhos, Juti, Japorã, Santa Rita do Pardo, Coronel Sapucaia, Amambai, Novo Horizonte do Sul, Bela Vista, Inocência, Miranda, Guia Lopes da Laguna e Dourados vão ser conveniados para receberem o aporte que deve ser destinado ao setor.

 

São 395 agricultores familiares que vão atender 78 instituições, já selecionadas. A partir da assinatura, a Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro) inicia o processo dos convênios com os municípios. A secretaria também fará a chamada pública para habilitar os produtores.

 

Cada agricultor habilitado receberá um cartão onde o recurso será depositado diretamente. Para estar apto, o produtor tem que oferecer no mínimo três diversidades de culturas. "Os alimentos fazem parte da base alimentar e o produtor deverá ter condições de oferecer pelo menos três opções de produtos", explicou Karla Betânia, coordenador do PAA estadual.

 

Por: Assessoria de Comunicação da Semagro

Foto: Saul Schramm

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W

Posts Sinterpa