Posts Sinterpa

Citricultura em Figueirão apresenta-se como alternativa de bons lucros


No último dia 4 de setembro, foi realizada uma visita técnica, com a participação dos servidores da Agraer dos escritórios de Costa Rica e Figueirão, Altair Luiz e Rodrigo Louveira, respectivamente. Esta visita contou também com a presença do Coordenador do Agronegócio da Prefeitura de Figueirão, Alber Barboza Santana Pereira. A visita foi na propriedade do senhor Élcio Alves Dias.


O Sítio Santa Adélia, situado no município de Figueirão, está localizado na bela região das Furnas da Piraputanga. Com uma área total de 25 hectares, destes, 12 estão cultivados com a cultura do Limão Tahiti. Esta cultura está em plena produção.


O produtor tem alcançado ótimos resultados na área, até o momento foram comercializados mais de 8.000 caixas de 22 kg. A produção atende principalmente à demanda dos municípios de Figueirão, Costa Rica e Camapuã. Quando estes mercados não absorvem completamente a oferta, o produtor tem comercializado a produção na Ceasa, em Campo Grande.


O objetivo da visita foi levantar a produção para cadastramento do produtor para a comercialização no Centro de Comercialização da Agricultura Familiar (Cecaf).


O cadastramento deste produtor junto ao Cecaf é uma importante ferramenta de incentivo à produção de frutas na região Norte no estado. Segundo os dados levantados na propriedade, as condições de produção do Limão Tahiti na região são ótimas.


O produtor também está iniciando experiências com as culturas do abacate, mamão formosa e coco verde. O acompanhamento deste produtor é fundamental para o incentivo da fruticultura nos municípios de Figueirão e Costa Rica.


Texto: Fernando Nascimento – Diretor Executivo da Agraer com informações dos Escritórios da Agraer de Figueirão e Costa Rica

Fotos: Escritório da Agraer de Figueirão e Costa Rica

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes