Posts Sinterpa

Coronel Sapucaia ganha o Programa Pró-Horta Sapucaia


O programa Pró-Horta Sapucaia foi lançado com objetivo de oferecer assistência técnica e fomento na produção de hortaliças e dar apoio na organização da logística e comercialização destes produtos. A medida auxilia o pequeno produtor da agricultura familiar para melhorar a rentabilidade e escala da produção e implanta um planejamento no processo de distribuição no comércio local e, até mesmo, intermunicipal.


O programa também abrange projetos de cunho social tais como: hortas em escolas, abrigos, creches e associações beneficentes. Neste sentido, já foi implantada uma horta para atender o Projeto Horta na Casa de Acolhimento Institucional do município de Coronel Sapucaia.


A instituição tem o objetivo de proporcionar uma atividade terapêutica e de autoconsumo e geração de renda aos adolescentes que estão institucionalizados na unidade, trabalhando o bem-estar mental dos envolvidos.

A ideia do projeto partiu do relato de um dos adolescentes em ter vontade de aprender a mexer com a terra e em específico com horta. A partir daí, buscou-se a parceria com o projeto Mais Horta para dar o curso na parte teórica e prática, assim como na estrutura física. A parceria é de suma importância para o desenvolvimento deste projeto e formação técnica dos adolescentes.


Neste programa, dois Engenheiros Agrônomos, João Alfredo Neto da Silva e Ramona Jorgina Teixeira de Araújo, da Agraer de Ponta Porã, estarão disponíveis diariamente em horário comercial pelo aplicativo Whatsapp (teleatendimento) e através de visitas técnicas realizadas mensalmente.


Este programa foi criado através da parceria entre a Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável e a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), também apoiado pela Cooperativa Prodesin (Cooperativa Promotora de Desenvolvimento Integral).

O coordenador da Agraer de Coronel Sapucaia, Emerson Moreira Batista, disse que os produtores poderão procurar o Centro de Atendimento ao Agricultor (CAP) para realizar a inscrição no Programa.


De acordo com o coordenador Regional da Agraer Ponta Porã, Antonio Carlos Peixoto de Oliveira, este tipo de projeto será a nova realidade da extensão rural no estado e tem todo apoio da Agraer Regional Ponta Porã.


O secretário Roberto Pereira de Oliveira declarou que este projeto será primordial para o desenvolvimento dos produtores de hortaliças do município, visto que em sua maioria são produtores de baixa renda e com muitas necessidades a serem atendidas, porque nunca houve políticas públicas que chegassem de forma efetiva a este público.


Texto e fotos: Escritório da Agraer de Coronel Sapucaia e Ponta Porã