Posts Sinterpa

Engenheiro Agrônomo da Agraer ministra oficinas para agricultores familiares de Três Lagoas


Por meio de uma parceria com o Sindicato Rural de Três Lagoas, a Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer) ministra oficinas voltadas aos agricultores familiares da região. Também participam da ação o Agro Caixa, linha de investimento da Caixa Econômica Federal voltada a produtores rurais, e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar-MS).


As duas primeiras oficinas foram realizadas nos dias 14 e 16 de março, na sede do Sindicato Rural e no Assentamento Pontal do Faia, respectivamente. A próxima será no dia 24 deste mês, no distrito de Arapuá e no Assentamento 20 de Março. O bate papo com os produtores é conduzido pelo coordenador regional da Agraer de Três Lagoas, o engenheiro agrônomo Jurandir Xavier Duque Júnior, e por técnicos da Agro Caixa e do Senar-MS. Aproximadamente 80 agricultores familiares participam destas capacitações.


Entre os assuntos abordados estão a importância do agricultor familiar para a economia de Mato Grosso do Sul e as políticas públicas e programas voltados ao crédito rural. Essa ação partiu de um levantamento do Sindicato Rural que percebeu que os agricultores familiares não estavam acessando o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). “Eles nos procuraram e pediram para nós elaborarmos uma palestra técnica sobre a importância da agricultura familiar no contexto do município e também sobre como acessar o Pronaf”, detalhou Jurandir.

O técnico da Agraer mostrou aos produtores os critérios para acessar o Pronaf e outras opções de programas de crédito rural, tais como: o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), o Programa de Garantia de Preços e o Pronaf Agroindústria (BNDES).


“As oficinas têm surtido um efeito muito interessante porque o agricultor familiar tem a oportunidade de tirar as suas dúvidas e entender para que serve o custeio e o investimento agrícola e quais são os documentos que ele deve levar quando for procurar a Agraer em busca de uma tomada de crédito rural. Isso tem esclarecido muitas dúvidas e tem aumentado a procura por esses programas”, destaca.


Texto: Fládima Christofari/Assessoria de Comunicação Agraer

Fotos: Jurandir Xavier, coordenador regional da Agraer de Três Lagoas