Posts Sinterpa

Produtor de Ivinhema recebe visita técnica de servidores da Agraer para ampliar produção


O engenheiro agrônomo e gerente regional da Agraer, José Simeão do Nascimento Filho, e o médico veterinário e técnico da Agraer, Arizoly Mendes, realizaram uma visita técnica ao Sítio São José, localizado na Gleba Ouro Verde, em Ivinhema. O sítio pertence ao produtor José Lucio Neto.


O objetivo da visita é a elaboração de projeto técnico para aquisição de sete novilhas de corte para cria. São feitas avaliações de infraestrutura, pastagens, predominantemente de piatã, acesso à água e sombreamento como estratégia para propiciar bem-estar e conforto aos animais.


“Um dos pontos analisados é a disponibilidade de boa pastagem que eles têm para o pastejo para incluir unidades animais. Nós avaliamos que o pasto poderia abrigar 4,5 unidades animais por hectare”, explica o servidor da Agraer, Arizoly Mendes.


A família do produtor é constituída de quatro membros, Sr. José Lúcio, a esposa Sra. Maria Clea, os filhos Ricardo, graduado em Agronomia, e Renato graduado em Biologia. Todos se dedicam e se empenham na exploração da atividade agrícola familiar, que é bastante diversificada.


A propriedade tem uma área de 15,6 hectares, com 10 hectares de piatã e 2,5 hectares de MG4, totalizando 12,5 hectares de pastagem, onde atualmente são mantidas 31 unidades de bovinos de corte.


Há também de 1,5 hectare de frutas, como goiaba, melancia, abacaxi, abóboras, mandioca de cozinha, sendo produtos que são comercializados no comércio local, e também no Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) há mais de 10 anos.


O sítio conta ainda com um sistema de microgeração de Energia Fotovoltaica, constituído de 18 placas fotovoltaicas, que geram atualmente 700 Kwh/mês. O sistema foi implantado há três anos.

Piscicultura

O produtor José Lúcio dispõe de dois tanques de piscicultura, revestidos de 800 metros quadrados de lâmina d'água, revestidos com lona gel membrana de 1.000 mm de espessura. Na área de tanque, há disponibilidade de sistema de oxigenação barato devido ao sistema de Energia Solar.


São 2.200 tilápias do Nilo que são comercializadas vivas na propriedade. A procura é grande devido à qualidade e sabor das tilápias. Neste sistema adotado no Sítio São José, os peixes se alimentam de ração e não tem contato com lama, comum em tanques escavados e não revestidos com gel membrana.


Os peixes são comercializados com peso vivo médio de 1,2 kg/unidade, com valor de R$ 10,00 por kg de peixe vivo durante o ano. No período próximo à Semana Santa, a demanda aumenta bastante e os compradores pagam R$15,00/kg.

Desenvolvimento a partir da Assistência Técnica Rural Pública

O agricultor familiar José Lúcio tem uma longa história com extensão e pesquisa, chegou no município de Ivinhema em 1975, como trabalhador agregado de agricultura familiar, quando trabalhava com as culturas do café, sempre atendido pelo Sistema de Extensão Rural, na época Acarmat, que tornou-se Agraer, no fim da década de 70, após criação do Estado de MS.


Em 1982, passou a ser atendido por José Simeão na cultura do café e, posteriormente, da mandioca. Tornaram-se amigos e o agricultor continua recebendo assistência técnica rural até os dias de hoje pela Semagro/Agraer.

“Aqui o pequeno produtor construiu uma linda família, com suor do trabalho da terra, formou dois filhos, que apesar de deficientes visuais, como eles mesmo fazem questão de declarar, não são limitados para acesso ao conhecimento e aprendizado constante. Sr.José Lúcio tem como característica a eterna gratidão ao Sistema de Extensão Rural Pública, à Pesquisa e às oportunidades de inclusão e progresso social, econômico e humanitário em que está inserido”, destaca o servidor da Agraer, Arizoly Mendes.


Fonte: Arizoly Mendes/Agraer Ivinhema

Fotos: Agraer Ivinhema

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes