Posts Sinterpa

Zootecnista da Agraer realiza oficina sobre manejo de abelhas em Sidrolândia e Caarapó


A zootecnista da Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural (Agraer), Jovelina Maria de Oliveira, ofereceu oficinas sobre o manejo de abelhas no Assentamento Nazareth, em Sidrolândia, e na comunidade indígena da etnia Guarani-Kaiowá “Tey’Kue”, em Caarapó. As oficinas foram realizadas nos dias 17 e 18 de março, em Sidrolândia, e de 22 a 24 de março, em Caarapó.


As ações são resultantes do Termo de Cooperação Mútua, celebrado entre a Comissão Pastoral da Terra (CPT) e a Agraer, com recursos do “Projeto Tembiu Porã”. A proposta dessa cooperação é realizar acompanhamento técnico periódico para a Meliponicultura, ou seja, a criação de abelhas indígenas sem ferrão, e de abelhas Apis melífera (africanizadas), que são as que possuem ferrão, em assentamentos e terras indígenas.

De acordo com a zootecnista, o conhecimento que os participantes estão adquirindo com essas oficinas irá possibilitar a geração de renda por meio da produção de produtos a partir do mel e o enriquecimento da alimentação da própria comunidade local. “A criação de abelhas sem ferrão requer um espaço muito pequeno, então casa muito bem com as pequenas propriedades atendidas pela Agraer e não exige um grande investimento inicial. Além disso, a comercialização de subprodutos do mel agrega valor a essas propriedades”, explicou Jovelina.

O assentamento Nazareth possui ainda um projeto de Sistema Agroflorestal que promove a diversificação do pomar. Segundo Jovelina, as abelhas são benéficas também nessa região pois ajudam na polinização das plantas. “Quando a planta é polinizada é mais produtiva”, explicou.


“Tembiu Porã” significa “alimento vivo” na cultura Tupi. O projeto é realizado desde 2020 e propõe a produção de alimentos saudáveis em ambiente de reforma agrária e áreas indígenas das etnias Guarani e Kaiowá, em Mato Grosso do Sul.


Texto: Fládima Christofari/Assessoria de Comunicação da Agraer

Fotos: Flávia Caroline e Jovelina Maria de Oliveira