Posts Sinterpa

Mulheres rurais de Mato Grosso do Sul conhecem as potencialidades do Rio Grande do Sul


Um grupo de 26 mulheres do Mato Grosso do Sul está no Rio Grande do Sul (RS) para conhecer um pouco das potencialidades do estado do sul do País. O projeto Mulheres Rurais da Colônia, do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário, prevê, entre suas atividades, um intercâmbio para troca de experiências das mulheres rurais, na organização social e de redes produtivas de alimentos agroecológicos.


Em parceria com a Emater/RS-Ascar, o grupo – formado por mulheres de quatro municípios do Mato Grosso do Sul: Glória de Dourados, Itaporã, Novo Horizonte do Sul e Deodápolis – conhecerá nove municípios gaúchos até sábado (dia 02). A excursão iniciou na segunda-feira (dia 27), passando pelos municípios de Iraí, Frederico Westphalen e Constantina.


A rodovia que separa o município de Iraí e Frederico Westphalen concentra um grande número de produtores e artesãos que vivem à base do porongo, é o chamado Vale das Cuias. São cerca de 70 famílias envolvidas na atividade, desenvolvendo o artesanato típico do Sul. O grupo acompanhou as etapas necessárias para a fabricação de uma cuia. Desde o plantio e colheita, passando pelo processo de beneficiamento do porongo, até a venda final – a produção pode passar por 35 etapas.


"A intenção dessa atividade é proporcionar ao grupo um intercâmbio técnico possibilitando o conhecimento de experiências de empreendimentos familiares, diferentes modelos de gestão e dos produtos dessa região. É um novo conhecimento que chega até as nossas famílias", afirmou o coordenador do projeto Mulheres Rurais da Colônia, Ermínio Guedes.


A produção de mel também foi destaque da visita. Na Casa do Mel, o produtor Albino Gaitcoski explicou ao grupo todo o processo de produção do mel, desde o trabalho nas colmeias, a extração, até o envase do produto final. Em 300 colmeias, o produtor já obteve 25 quilos de mel por colmeia. A agroindústria da família Gaitcoski tem tradição no município de Frederico Westphalen e tem a qualidade do seu produto reconhecida através do Selo Sabor Gaúcho.


A excursão ainda passou pelas cidades de Veranópolis, Carlos Barbosa, Garibaldi, Bento Gonçalves, e Nova Petrópolis. O intercâmbio encerra no sábado (dia 02), em Gramado, com visita à Feira da Agricultura Familiar e aos famosos pontos turísticos da cidade.


Fonte: Assessoria de Imprensa Emater/RS


Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes