Em comemoração ao Dia do Extensionista Rural, agricultores aprendem a construir estufa de bambu

Nesta quarta-feira, dia 7 de dezembro, será realizado o curso “Construção de estufa em bambu para produção de mudas”. O evento promovido pela Agraer é em comemoração ao Dia do Extensionista Rural, celebrado no dia 6, e tem apoio do Sinterpa.

 

O curso acontece a partir das 8 horas, na propriedade rural do agricultor Vangivaldo Belo, na Vila Vargas, em Dourados, e é voltado para os agricultores familiares da região. A intenção é promover e difundir soluções inteligentes, que permitem a geração de renda para o agricultor a custo baixo, mas que também protege o meio ambiente.

 

Diversos profissionais da Agraer estarão explicando aos participantes todas as etapas para a construção da estufa, de como montar e também sobre o tratamento que é preciso dar ao bambu.

 

Segundo o coordenador municipal da Agraer em Dourados, André Luiz Moreira Paes Barros, a estufa de bambu representa a viabilidade econômica da agricultura familiar, que pode ampliar a produtividade e lucratividade. A estrutura de bambu é de baixo custo e sem impacto ambiental, já que o material é encontrado em abundância nas propriedades rurais. Além disso, o bambu também se tratar de uma planta que produz colmos anualmente sem necessidade de replantio.

 

Segundo pesquisadores, essa estufa é tão eficiente na proteção dos cultivos de frutas, hortaliças e legumes quanto a estufa convencional. A estufa de bambu não demanda mão-de-obra especializada, pode ser construída com materiais próprios ou de baixo valor aquisitivo e a partir de mão-de-obra familiar ou da comunidade.

 

Por: Assessoria de Comunicação do Sinterpa

 

Please reload

Posts Recentes
Please reload

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W

Posts Sinterpa