Posts Sinterpa

Sinterpa participa de ato na Assembleia Legislativa contra aumento da jornada de trabalho


O representante do Fórum dos Servidores Públicos de Mato Grosso do Sul, Ricardo Bueno, usou a tribuna da Assembleia Legislativa, na sessão desta terça-feira (26), para questionar o governo do Estado quanto aos efeitos da alteração de carga horária e do Programa de Desligamento Voluntário (PDV). O sindicalista leu um texto do Fórum dos Servidores onde a entidade manifesta: “é importante salientar que compreendemos a situação financeira que o governo vem atravessando, no entanto, não concordamos que as medidas amargas só venham ao encontro dos servidores efetivos”.


A participação do representante do Fórum na Assembleia mobilizou as lideranças das entidades sindicais dos mais de 40 mil servidores públicos do Estado, entre eles o Sinterpa, que estava sendo representado pelo diretor Tarcizo Costa.


Bueno manifestou que os servidores terão muitas perdas salariais disfarçadas com o aumento da jornada sem contrapartidas razoáveis e que o PDV não é solução para os servidores.


Para o representante do Fórum, as medidas necessitam de debate. “Acredito que não foi feito estudo para o PDV. Foram deixadas brechas para o titular da pasta adequar a mudança da carga horária. O debate não anda acontecendo, já protocolamos seis pedidos para negociar com o Estado. Esperamos que essa Casa faça um diálogo salutar em defesa do servidor”, pontuou.


Jornada de Trabalho

O governo do Estado publicou, no dia 19 de março, no Diário Oficial, o Decreto nº 15.192, que dispõe sobre a jornada de trabalho de 8 horas diárias ou 40 horas semanais dos servidores estaduais de Mato Grosso do Sul. Essa mudança de horário será a partir de 1º de julho de 2019.


Os sindicatos que representam o funcionalismo público estadual são contrários a essa alteração. Para o Sinterpa, no caso da Agraer, sem recursos de custeio, que impossibilita os trabalhos de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural, a mudança é inócua e vai causar desestímulo aos servidores.


Por: Assessoria de Comunicação do Sinterpa (Com informações da Assessoria de Comunicação do SintssMS e Assembleia)

Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes