Posts Sinterpa

Anater e agricultura familiar podem ser incorporadas ao Mapa


Em entrevista à rádio CBN nessa segunda-feira (19), a futura ministra, deputada federal Tereza Cristina (MDB-MS), declarou que há um estudo em andamento para que o Ministério da Agricultura (Mapa) possa incorporar a gestão da agricultura familiar, da Secretaria Especial de Pesca e Aquicultura, da Agência Nacional de Assistência Técnica e Extensão Rural (Anater) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) a partir do próximo governo. A informação foi divulgada pelo site da Revista Globo Rural.


Hoje, a gestão dessas políticas está concentrada no Ministério da Casa Civil que, no governo Michel Temer, incorporou as antigas pastas do Desenvolvimento Agrário e Desenvolvimento Social.


Tereza Cristina está tratando dos assuntos relacionados à transição de governo desde o dia 14 de novembro, data em que se reuniu com o atual ministro, Blairo Maggi.


Conforme a reportagem, a futura ministra mencionou a agricultura familiar como uma das prioridades. Segundo ela, há assentamentos da reforma agrária constituídos há quase 20 anos e que “não funcionam”. Para Tereza Cristina, a solução é incentivar a produção nesses lugares com mais recursos e assistência técnica.


Ainda de acordo com a Revista Globo Rural, outra declaração foi sobre a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) que deve ter “atenção especial” no novo governo.


E, conforme a futura ministra, ainda é preciso definir “o que fazer” com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), autarquia responsável pela divulgação de dados oficiais de produção agrícola e pela atuação do governo no mercado agropecuário nacional.


A reportagem completa está no endereço revistagloborural.globo.com.


Fonte: Revista Globo Rural

Foto: Divulgação/MDA


Siga
  • Facebook B&W
  • Google+ B&W
Posts Recentes